Acordo entre Cardano e Etiópia foi assinado por ministro?

Desde o início de fevereiro de 2021 que a comunidade da Cardano aguarda a confirmação do acordo final com a Etiópia. Conforme observado por John O’Connor, diretor de operações africanas da IOG, Charles Hoskinson, criador da Cardano, estava realizando um contrato com o país para trazer diversos usuários para o blockchain da altcoin. Todavia, tudo o que estávamos acompanhando era os diversos atrasos regulatórios, especulações e imprevistos.

 

Hoskinson então resolveu trazer uma alegria para os detentores do ativo digital. Na última semana, apontou que o acordo estava próximo de ser finalizado. No dia 25 de março, uma “comissão especial” havia assinado a decisão de implantar o projeto, deixando apenas a assinatura do ministro para o final.

 

Muitos acreditam que essa etapa foi concluído. Apesar de Hoskinson tentar se esconder em um anunciou de quebra-cabeças, pois assinou um contrato de exclusividade, ele deixou um tweet bem intuitivo para a comunidade.

 

“Por alguma razão, tenho um forte desejo de tweetar essas duas fotos. Deve ser a mistura de meus esforços ornitológicos com meu amor pela história americana do século 18….”

 

A imagem acima ilustra, do lado esquerdo, um turaco de bochechas brancas, ave de origem etíope. Enquanto o lado direito aponta John Hancock, comerciante, estadista e patriota proeminente da Revolução Americana.

 

“Ele é principalmente lembrado pelos americanos por sua assinatura grande e extravagante na Declaração, tanto que John Hancock se tornou, nos Estados Unidos, um sinônimo informal para assinatura”, apontou o perfil @AleTutor.

 

Conclusão

 

De fato, a imagem deixa clara que a espera pode estar em seu fim. Ou seja, poderemos ver a tão sonhada expansão da Cardano na África que abrangerá diversos indivíduos nos próximos cinco anos.

 

Leia também: CME pode desenvolver micros futuros de Bitcoin até maio deste ano

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *