Administração de Biden alerta sobre yuan digital ser uma ameaça ao dólar

A China foi a primeira superpotência a pensar em criar uma moeda digital. Como resultado, economistas e banqueiros dos Estados Unidos recomendam que o governo trate o assunto como uma questão de segurança nacional. Eles acreditam que o Yuan digital seja uma ameaça ao reinado do dólar que já dura desde o fim da Segunda Guerra Mundial, em 1945. Por isso, o governo Biden faz propaganda das ameaças que a moeda representa e seu status como potência mundial.

 

O lançamento da moeda digital e seu impacto no mercado

 

A China vem desenvolvendo, há anos, seu CBDC (moeda digital do banco central) e está em seus estágios finais. A moeda está sendo testada pelo Banco Popular da China em diferentes cidades, em parceria com os bancos públicos e privados. Portanto, a China segue com seus esforços para lançar sua moeda digital no início do próximo ano. Uma das razões pelas quais a segunda maior economia está procurando lançar seu CBDC é controlar a influência dos EUA a partir do uso global do dólar. Afinal, por meio do dólar os Estados Unidos têm influenciado às práticas comerciais e até mesmo as políticas governamentais em todo o mundo.

 

O Yuan digital poderia finalmente substituir o dólar por um sistema de liquidação internacional mais rápido, mais barato e transparente. Outra preocupação da administração do governo americano é que os países sancionados pelos EUA possam contornar as sanções por meio do Yuan digital. Porém, a China garante que o objetivo é reduzir as notas e impulsionar o crescimento econômico por um sistema de pagamento eletrônico eficaz.

 

Choque de titãs

 

Enquanto a China avança em seus esforços para se lançar em menos de um ano, os Estados Unidos sem um plano imediato, coloca a China sob microscópio e segue monitorando a situação. Além disso, o congresso discute a possibilidade de um dólar digital. O presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, e a secretária do Tesouro, Janet Yellen, indicaram que não é apenas viável, mas algo que os EUA deveriam examinar com muito cuidado. Powell afirmou ainda que o país não precisa ser o primeiro, mas precisa acertar.

Os Estados Unidos não poderão impedir a China de lançar o Yuan digital, visto que isso aconteça, o dólar começará a perder sua influência e valor. Portanto, a única forma de manter a situação sob controle é contra-atacar com um dólar digital.

 

Pequim apoia o lançamento da moeda digital

 

As olimpíadas de inverno deverão ser palco para uso corrente da primeira moeda nacional em formato digital. A China confirmou que planeja lançar o Yuan na próxima edição do evento, porém não se sabe muito como funcionará ou será distribuído. A intenção do governo chinês é utilizar a tecnologia durante os jogos olímpicos que está marcado para ter início em 4 de fevereiro de 2022 em Pequim.

 

Vocês acreditam que nesse duelo de titãs, os Estados Unidos respondem a China à altura? Deixem nos comentários!!

 

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *