Analistas continuam otimistas com o preço do Bitcoin

Embora o preço do Bitcoin tenha subido para cerca de US$12.500 em 17 de agosto, atualmente ele continua em tendência de queda. No momento da escrita do artigo, o BTC está sendo negociado a US$11.425 com uma correção de 3,93% nas últimas 24 horas. Todavia, muitos analistas consideram o movimento atual dos preços apenas uma fase de consolidação, depois que o criptoativo experimentou uma alta furiosa até meados de julho.

Byzantine General, por exemplo, compartilhou dados do WhaleMap, mostrando que o ativo digital tem pouca pressão de venda remanescente no mercado. O analista afirmou que restam apenas alguns vendedores que estão impedindo um Bitcoin de alta.

Será que o Bitcoin chegará a US$20.000 em 2020?

Desde a queda de seus alta histórica de US$20.000, o criptoativo fechou uma vela semanal neste nível de suporte apenas duas vezes. A primeira vez foi em janeiro de 2018, antes de o preço cair para menos de US$6.000. A segunda ocasião ocorreu recentemente no início de agosto, logo após o Bitcoin ultrapassar a marca de US$10.000.

Sendo assim, as expectativas do mercado são altistas. O analista e trader Josh Rager conduziu uma pesquisa em sua conta no Twitter tentando medir o sentimento geral. O resultado mostra que 56,6% dos 2.438 eleitores ainda estão otimistas e esperam que o Bitcoin ultrapasse US$11.800. Isso poderia acontecer se o ativo digital conseguir converter a resistência de US$12.000 em um nível de suporte que, de acordo com o analista Credible Crypto, poderia empurrar o preço do BTC para US$14.000 antes de testar novos recordes históricos.

Bitcoin está pronto para um novo rali?

Conforme observado pelo investidor de Bitcoin e CEO da Civic Vinny Lingham, o Bitcoin não ficará abaixo de US$12.000 por muito tempo.

“Parece-me que #Bitcoin está prestes a subir mais uma vez, com um overshoot acima de US$15k, mas depois um retrace e uma forte consolidação em torno de US$14k por algumas semanas, pelo menos. Duvido que esse preço abaixo de US$12k se mantenha por muito mais tempo e US$10k represente um forte suporte no momento”.

Contudo, no curto prazo, é provável que o Bitcoin permaneça em sua fase de consolidação atual. A análise de Nunya Bizniz, indica que o Bitcoin pode estar se movendo em um fractal da fase de consolidação já vista entre maio e o final de julho deste ano. Portanto, o Bitcoin poderia permanecer na faixa de US$10.700 a US$11.500 no curto prazo.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *