Apple Card Vs Bitcoin: Quem sairá vencedor?

junte-se a revolução smartcash

 

O novo cartão Apple, o Apple Card, tem como concorrente as criptomoedas quando o assunto é privacidade e proteção contra uso, e neste último aspecto parece que o Bitcoin e criptomoedas irão sofrer.

A Apple deu um grande passo para proteção dos consumidores com o novo Apple Card(Cartão Apple), principalmente na área de privacidade, mantendo mínimo de dados de acesso ao cartão, sem nenhum número impresso e com o histórico de transações apenas na posse do usuário.

Esse é um esforço inteligente por parte da empresa, que obviamente atendeu aos anseios dos consumidores na criação de um produto que coloca a privacidade do cliente como centro da atenções. A empresa alega que não tem acesso as transações do usuário, estas transações ficam armazenadas apenas no APP Walet, mais ressalta que a Goldman Sachs, que é a emissora do cartão tem acesso a estes dados, mais que estes dados nunca serão compartilhados ou vendidos.

Apple Card
Cartão Apple

A parceria da Apple com a Goldman Sachs significa que, os dados do cartão passarão nas mãos do gigante bancário de Wall Street, embora eles garantam que estes dados nunca serão compartilhados ou vendidos para marketing ou publicidade, ainda é um serviço centralizado. A pergunta que fica é: Isso é o suficiente para um indivíduo que busca por privacidade?

De acordo com a Forbes, sistemas descentralizados como o Bitcoin se manterão em vantagem quando o assunto é privacidade e proteção ao consumidor, já que um banco centralizado oferecendo um produto anônimo como o Apple Card, irá chamar a mesma atenção de órgãos reguladores.

O histórico de moedas digitais lastreadas em ouro que protegem as informações do usuário é ruim, com o presidente da Assembléia Nacional francesa pedindo a proibição de criptomoedas com foco em privacidade como Monero e Zcash e várias paralisações de sistemas similares como Liberty Reserve e E-gold.

Como a Forbes ressalta, o Bitcoin ainda permite o processamento de pagamentos com alto grau de anonimato tornando o sistema menos vulnerável, alegando que “… é efetivamente impossível obter privacidade financeira na internet sem o uso de um sistema como o Bitcoin.

No entanto, a Apple parece ter se inspirado nas criptomoedas para o desenvolvimento de sua última criação em termos de proteção das informações do usuário. Se será suficiente para satisfazer os usuários da Apple Card ainda iremos descobrir.

Vinícius Simões

Fundador da Lojabit.com e Co-fundador da Kamoney. Entusiasta de criptomoedas desde 2014.

Vinícius Simões has 57 posts and counting. See all posts by Vinícius Simões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *