Biden revela detalhes do estímulo de U$1.8 trilhão para as famílias

De acordo com fontes da CNBC, o presidente norte-americano Joe Biden e seu governo são obrigados a tomarem medidas para ajudar cidadãos vulneráveis neste momento em que a economia começa a se recuperar dos danos causados pelo coronavírus. A fonte do site informou através de teleconferência que essa área não pode ficar sem investimentos. Não podemos esquecer que anteriormente a administração de Biden havia informado que faria um investimento de US$2 trilhões na infraestrutura e pacote de recuperação na economia deste mês de abril.

Através do pacote de estímulo econômico, Biden pretende revitalizar a economia dos EUA. O plano de que as famílias americanas recebam US$1.8 trilhão está definido para ser compensado nos próximos 15 anos. Esse valor virá através do pagamento de imposto dos norte-americanos, em especial da população que recebe mais de US$1 milhão anualmente. Como resultado, a taxa de imposto subirá de 37% para 39,6%. Todavia, é importante apontar que indivíduos que ganham US$400.000 ou menos anualmente não verão suas taxas de imposto aumentadas.

Conheça os detalhes do plano oferecido por Biden

Em primeiro lugar, estão as creches de alta qualidade que receberão um pacote previsto de US$225 bilhões. Assim sendo, as famílias irão pagar apenas uma taxa da mensalidade, de acordo com sua escala móvel.

Logo após aparece mais US$225 bilhões para a criação de um programa nacional abrangente de licença médica e familiar remunerada. Voltando para a área da educação, veremos US$200 bilhões na pré-escola universal gratuita para todas as crianças de três e quatro anos em parceria com os governos estaduais.

Universidades são destaques no pacote de estímulo

Ainda temos os estudantes universitários que irão se beneficiar nessa área, pois cerca de US$109 bilhões do pacote de estímulo serão usados para garantir dois anos de faculdade comunitária gratuita para todos os alunos. Além disso, cerca de US$85 bilhões irão para Pell Grants, pelo qual se espera que seja aumentado para US$1.400 para estudantes de baixa renda. Para que haja retenção na faculdade, o pacote de lei propõe que US$62 bilhões sejam destinados a um programa de subsídios.

As famílias que ganham até US$125.000 por ano terão reservado US$39 bilhões para o programa que permite que até dois anos de mensalidades de faculdade sejam subsidiados.

Leia também: Ethereum bate mais uma alta histórica

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *