Binance faz a maior queima de BNB da história

De acordo com o anúncio da Binance, ela destruiu 3.691.888 BNB em sua queima trimestral. Isso equivale a US$165,8 milhões. O CEO da Binance afirmou que essa destruição queimou 2,4 vezes de tokens a mais que a última, se comparados a valor fiduciário. Caso a demanda pelo BNB continue a mesma ou cresça, esse evento pode trazer um aumento em seu preço, pois há menos tokens no mercado.

Sem dúvida, essa queima foi a maior da história do ativo digital. O alto volume de negociação à vista e de futuros da Binance nos últimos meses contribuiu para isso.

“Veremos uma grande queima do BNB hoje. Pelas minhas estimativas, provavelmente cerca de duas vezes maior do que o recorde trimestral anterior. Por quê? O volume à vista da Binance aumentou mais de 50% e o volume de futuros aumentou 140% no quarto trimestre”, apontou o diretor da The Block Larry Cermak.

Logo após a queda da BitMEX, a Binance se tornou, de fato, a maior corretora de negociação de futuros. Só para exemplificar, somente em dezembro de 2020, seu volume excedeu todo o terceiro trimestre do ano.

Queimas de tokens serão aceleradas


De acordo com o CEO da Binance, haverá uma mudança na forma como os tokens são queimados. Sendo assim, a redução de BNB no mercado será acelerada.

“Embora esta seja uma quantia impressionante para uma startup de três anos, nesse ritmo, levaria cerca de 27 anos para terminar a queima. Então, pensamos que é hora de acelerar um pouco”.

Tendo isso em mente, as destruições não serão mais atreladas a receita trimestral da exchange. Todavia, Zhao afirmou que trabalharão para que as estimativas sejam muito próximas. As queimas continuarão até que haja apenas 100 milhões de BNB no mercado.

 

Leia também: Veja as altcoins que podem superar o Bitcoin em 2021

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *