Bitcoin é agora a 6ª maior moeda mundial

O Bitcoin se tona a cada dia de fato mais surpreendente. O criptoativo saiu de um valor praticamente nulo desde sua criação, há onze anos, para os atuais US$10.846. Além disso, a capitalização total do ativo digital ultrapassou a marca de US$200 bilhões. Sendo assim, se consolidou como o maior criptoativo do mundo e 6ª maior moeda mundial.

O Bitcoin e as moedas fiduciárias não são exatamente equivalentes quando falamos de como o valor circulante é calculado. Todavia, podemos estimar onde o BTC se posiciona no ranking mundial de moedas comparando sua capitalização de mercado com a oferta de dinheiro M0 das demais moedas.

Em suma, o número M0 representa o valor total de todas as notas, moedas e outros substitutos de fiat que podem ser facilmente convertidos em dinheiro. O valor M0 também é comumente conhecido como “dinheiro escasso”.

Posição do Bitcoin no ranking mundial de moedas

Sem dúvida, o dólar americano é atualmente a maior moeda fiduciária em oferta em circulação. De acordo com o Federal Reserve dos EUA, há US$1,95 trilhão em notas e moedas do FED em circulação.

Em segundo lugar, aparece o euro (EUR) — uma moeda relativamente nova que foi lançada em 2002 e agora é usada em grande parte da Europa e pela maioria dos estados-membros da UE.

Semelhantemente ao FED, o Banco Central Europeu mantém uma referência atualizada para o montante de notas e moedas de EUR que entra em circulação. Conforme observado nas estatísticas oficiais, havia apenas 1,38 trilhão de euros em circulação na última atualização (julho de 2020). Este valor triplicou desde o lançamento da moeda.

Com a medalha de bronze temos o Yuan Chinês (CNY). Segundo os dados da TradingEconomics, existem cerca de 8 trilhões de CNY em circulação, com um valor equivalente a US$1,15 trilhão.

Contudo, o iene japonês (JPY) não fica muito atrás. Ele aparece em quarto lugar, com 106 trilhões de notas e moedas de JPY circulando em julho de 2020. Ou seja, apenas US$1 trilhão na cotação atual.

Apesar de existirem diversas moedas com alta capitalização, apenas as citadas estão acima de US$1 trilhão. A rupia indiana (INR), por exemplo, se encontra na quinta colocação. Todavia, os 31 trilhões de INR em circulação são equivalentes a apenas US$425 bilhões.

Logo atrás do INR está o Bitcoin. O criptoativo tem atualmente 18,48 milhões de unidades em circulação cada uma valendo US$10.846 no momento da escrita do artigo. Ou seja, o limite de M0 do Bitcoin é de US$201 bilhões. Ademais, com sua atual capitalização de mercado, o Bitcoin tem um suprimento de dinheiro que vale mais de 170 moedas fiduciárias diferentes.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *