Bitcoin e Ethereum podem aumentar pelo menos 300% em 2022

Sean Farrell,  chefe de estratégia de ativos digitais da Fundstrat Digital Asset Research, acredita que duas criptomoedas estão subvalorizadas. 

Farrell vê o bitcoin e o Ethereum prontos para dispararem ainda em 2022. 

De acordo com o estrategista, o BTC passou do estágio em que os ciclos determinam seu preço.

Isso porque o analista vê como foi difícil a época da principal criptomoeda nos últimos meses. 

Afinal, o ativo digital perdeu cerca de 50% de seu topo histórico de US$69.000. Isso na mesma época que os analistas acreditavam que o BTC chegaria a US$100.000 com facilidade. 

“A adoção institucional é uma faca de dois gumes. Apesar das tendências de oferta subjacentes de alta, o BTC tornou-se fortemente correlacionado com as ações no final do quarto trimestre de 2021 e, consequentemente, vendido diante do aperto do Fed”.

Conforme observado por Farrell, os dados do valor realizado (MVRV) pós-halving em 2020 em relação a 2012 e 2016 indicam que há uma descoberta de preço mais eficiente. 

Essa descoberta pode estar sinalizando a transição da rede de pagamento para a reserva de valor. 

Segundo o analista, os futuros mercados de alta serão decididos por entradas de caixa e não por ciclos.

Farrell acredita que o bitcoin chegará a US$100.000 logo no primeiro semestre de 2022. No momento da escrita do artigo, o BTC está sendo negociado a US$45.000.

Mas e o Ethereum?

Apesar da forte concorrência no mercado, o Ethereum gerou cerca de US$10 bilhões em taxas de transações nos últimos meses. 

“As guerras de camada 1 começaram a sério em 2021, quando as redes apoiadas por empreendimentos ofereceram novas opções para desenvolvedores e usuários, na maioria das vezes competindo em escalabilidade”.

Dessa forma, o Ethereum também está subvalorizado.

“… sentimos que o Ethereum está notavelmente subvalorizado. Aplicamos uma análise semelhante ao ETH com base nas entradas e no MVRV estimado para chegar a uma meta de preço de US$ 12.000”.

No momento da escrita, o Ethereum está sendo negociado a US$3.200. 

Leia também: Bitcoin pode sufocar a alta das altcoins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *