BTC deveria atingir US$28 mil antes de novembro?

O motivo subjacente para o Bitcoin atingir US$28.000 antes de 1 de novembro de 2020 é de fato de acordo com dados históricos e não apenas na previsão de um analista. Certamente a volatilidade do BTC é um aspecto bem conhecido do ativo e o fato dessa configuração ser alta é o que o impede de se tornar uma unidade de troca cotidiana. Ou seja, isso faz com que o BTC não seja considerado dinheiro. Contudo, hoje o foco do artigo são os dados históricos que sugerem um retorno médio do BTC de 196% após uma determinada condição ter sido atendida.

De acordo com o relatório de volatilidade de agosto da Kraken, há “bolsões suprimidos” que representam queda na volatilidade do criptoativo entre 15% a 30%. Até hoje, o Bitcoin acertou apenas 12 vezes nesses bolsos, e cada vez que o ativo digital entra nessa arena, ele reverte para a média, que passa a ser uma móvel de 315 dias. Em outras palavras, depois de cair nesses bolsões, a volatilidade teve um aumento médio de 140%.

O que é interessante é a implicação de preço dessa supressão de volatilidade e eventual expansão. Conforme observado, ele teve um aumento médio de 196% nos próximos 90 dias.

Apenas em duas ocasiões — 2014 e 2018, os retornos foram de -60% e -45%. Assim sendo, há 83% de chance de o preço subir 196%. Considerando que a última queda no bolso foi em 24 de julho de 2020, e o aumento no momento da escrita do artigo era de apenas 4,36%, há muitas vantagens para o Bitcoin.

Aumento de 196% a partir de 24 de julho, durante os próximos 90 dias deve colocar o criptoativo entre a faixa de US$28.000 e US$30.000 em 22 de outubro de 2020. Isso significaria que o Bitcoin deve aumentar cerca de 4,2% todos os dias para atingir a meta de US$30.000.

Isso é realista?

Embora seja um ativo não correlacionado, o Bitcoin está sendo afetado devido ao que está acontecendo nos EUA. O BTC está inversamente correlacionado com o índice do dólar e em linha com o Dow Jones. Enquanto essa conexão existir, é potencialmente ruim para o criptoativo. Todavia, o BTC não teria problemas em fazer um retorno médio diário de 4,26%.

Apesar de os tempos serem desanimadores em setembro, já que o preço agora está mais perto de US$9.000 do que de US$12.000, parece ser realista, especialmente considerando o hype em torno de DeFi.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *