Cardano a US$0,97. E agora?

Apesar de estar passando por uma grande correção no momento da escrita do artigo, a Cardano conseguiu alcançar a marca de US$0.97. Sem dúvida, a atualização Mary contribuiu para isso. Em suma, esse fork trás a transição do blockchain para uma rede de múltiplos ativos.

De acordo com o Cointelegraph, a equipe da altcoin pretende lançar a mainnet logo em fevereiro. Além de apresentar tokens nativos, a atualização é a transição da era Shelley para a era Goguen. Haverá outros recursos que virão com a atualização, mas eles serão liberados conforme o roteiro da ADA é entregue.

Como resultado da atualização, veremos na plataforma da Cardano os tokens fungíveis e não fungíveis. Ou seja, a altcoin se tornará uma concorrente mais forte para o Ethereum. Essa será a jornada em que os usuários do criptoativo poderão ativar pela primeira vez os seus tokens.

Modelo de taxas atrativos

A equipe da Cardano declarou que após a atualização não haverá mais taxas de execução. Sendo assim, às taxas observadas no Ethereum, não serão vistas na altcoin. Conforme observado por Hinrich Pfeifer, secretário-geral da Fundação Cardano, não há necessidade de uma taxa de execução durante a transação de tokens nativos do criptoativo.

“Em vez disso, o envio de tokens requer uma taxa nominal (chamada de min-ada-value ‘), pagável em ADA, a ser enviada com os tokens. Você também pode agrupar vários tokens nativos e enviá-los juntos em uma transação (isso aumenta o valor min-ADA’). No entanto, essa taxa não depende do congestionamento da rede ou depende da execução de contratos inteligente”.

 

Leia também: Ethereum não é um forte concorrente para a Cardano

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *