Dash está se tornando uma criptomoeda descentralizada em nuvem

Com o intuito de trazer mais benefícios para seus detentores, o Dash decidiu lançar uma plataforma que suporta armazenamento de dados de usuários por blockchain em uma API descentralizada. Ou seja, ele poderá ser considerado um criptoativo em nuvem. Como resultado, todos os dados na rede serão sincronizados entre os dispositivos do usuário — por exemplo, tablets, desktop e smartphones.

O Dash Platform trará mais funcionalidades para o ativo digital, como Dash Drive, uma camada de nome de usuário e o protocolo da plataforma Dash. De acordo com a entrevista que Mark Mason concedeu ao Cointelegraph, o Dash é uma plataforma de desenvolvimento de aplicativos que alavanca o masternode da rede e blockchain do criptoativo, transformando a rede p2p em uma nuvem descentralizada.

Os clientes ainda poderão integrar seus aplicativos à plataforma. É nesse instante que o Dash Drive fornecerá suporte para que eles enviem, armazenem e recuperem dados de aplicativos. Ademais, poderão consultar o blockchain através de uma interface limpa e simples.

“Uma das principais vantagens do DAPI é que ele fornece aos desenvolvedores o mesmo acesso e segurança de um nó completo, sem o custo e sobrecarga de manutenção”, disse Mason.

Conforme observado por Ryan Taylor, CEO do Dash Core Group, a ideia por trás da plataforma é a combinação perfeita de experiência do usuário de uma solução centralizada com os benefícios descentralizados de uma rede sem permissão como o Dash.

Esquecendo os endereços longos e trabalhando na adoção

Certamente muitos já se incomodaram com os endereços criptográficos dos ativos digitais. Além de deixarem os criptoativos mais robóticos que humanos, eles são uma dor de cabeça para o usuário iniciante que precisa toda hora ficar conferindo os três primeiros e últimos dígitos. Com o Dash será possível utilizar nomes de usuários legíveis por humanos. Os usuários da plataforma serão capazes de criar usernames na camada, “tornar amigos” outros usuários da plataforma e aceitar solicitações de amizade – bem como realizar transações usando esses nomes de usuário.

Sem dúvida, afastar-se desses indicadores diminuirá a barreira de entrada no mundo blockchain, pois o criptoativo conseguirá incorporar interfaces e processos familiares em seu sistema descentralizado.

Embora esse conceito seja interessante e esteja presente nesse caminho do ativo digital, é importante lembrar que já é possível enviar a altcoin com nomes de usuário dentro de ecossistemas de carteira fechada existentes. Todavia, a equipe do Dash afirmou que seu serviço é distinto, pois, a camada de nome de usuário opera nativamente para o blockchain.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *