É o fim da mania do Tik Tok no Dogecoin. Altcoin é despejada no mercado

Logo após todo o up da semana passada, o preço do Dogecoin encontra o limbo e não para de descer. Para que você entenda, em 7 e 8 de julho, o Doge viu um aumento de 43% em seu preço. Todavia, esse crescimento do ativo digital não conseguiu se manter e a bomba estourou de forma rápida.

Investidores realizaram seus lucros e o preço da altcoin meme caiu para US$0,0035 no dia seguinte. Contudo, essa volatilidade não parou por aí. Na última quinta-feira, o Doge chegou a máximas de US$0,0052. Conforme esperado essa alta não se sustentou e o criptoativo logo desceu, pois o interesse das pessoas no DOGE começou a diminuir.

Embora grande parte das perdas do Dogecoin tenham sido na sexta-feira, no último sábado, o ativo digital teve um grande impacto desagradável quando caiu de US$0,0039 para mínimos de US$0,0034. Ou seja, uma derrocada de 12%.

Ademais, os volumes de negociação também diminuíram. Só para exemplificar, antes do vídeo viral do Tik Tok onde os usuários eram incentivados a investir US$25 em um esforço de grupo para aumentar o valor do ativo digital para US$1, as negociações de Doge estavam em torno de US$183 milhões. Contudo, após a mania, atingiram a marca surpreendente de US$1,2 bilhões somente para chegarem a US$180 milhões no último sábado.

Conforme observado nas palavras do TikToker que lançou o vídeo do Dogecoin, o criptoativo é praticamente inútil. Ele é utilizado por indivíduos que desejam fugir de altas taxas de transferências do Bitcoin nas exchanges, pois se encontra nas grandes corretoras e pode ser sacado, geralmente, por apenas um Doge, mas não há fundamentos na altcoin. Apesar de todo o esforço para aumentar o preço do ativo digital, essa volatilidade do Dogecoin somente mostra como ainda é fácil manipular o mercado de criptoativos.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *