Elon Musk suspende a compra do Twitter

Sem dúvidas, uma das notícias que mais chamou a atenção nos últimos dias foi a compra de Elon Musk do Twitter. 

Para isso, o CEO da Tesla faria um investimento de US$44 bilhões na rede social em uma proposta que foi aceita no final de abril de 2022. 

A decisão de Musk foi apoiada por outros bilionários, incluindo o CEO da Binance, principal exchange do mercado de criptomoedas. 

No entanto, o bilionário decidiu ir com mais calma e adiou sua aquisição alegando problemas relacionados a contas falsas e golpes na plataforma de mídia social.

Elon Musk e Twitter

É importante apontar que, antes do anúncio da compra total do bilionário, Musk já possuía uma participação passiva de 9,2% no Twitter.

Outro ponto relevante é que essa não é a primeira vez que o empresário acusa o Twitter de possuir contas fakes e que apoiam fraudes.

O próprio nome de Musk já foi utilizado em muitos golpes de criptomoedas. 

Por essa razão, o bilionário decidiu que iria trabalhar para limpar   plataforma de mídia social desses maus atores.

De acordo com  os dados da Reuters, menos de 5% do total das contas do Twitter são de agentes maliciosos. 

Mas o CEO da Tesla decidiu paralisar o acordo até que esses fatos sejam realmente concretos. 

Por outro lado, tem investidores que não compraram de forma alguma essa história. 

Só para exemplificar, Peter Schiff, um dos maiores críticos do bitcoin, acredita que o bilionário nunca teve a intenção de comprar o Twitter.

Segundo  o investidor, Musk queria mesmo era empurrar as ações do TWTR para cima para obter um lucro rápido.

Leia também: Investidor invade condomínio do criador de TERRA LUNA

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Um comentário em “Elon Musk suspende a compra do Twitter

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *