Goldman Sachs e o Bitcoin como reserva de valor

Como resultado da alta do Bitcoin, Lloyd Blankfein, presidente sênior do Goldman Sachs, passou a prestar mais atenção no criptoativo. Além disso, informou que o BTC pode funcionar. Contudo, ainda precisa resolver seus problemas antes de ser considerado uma forma de troca ou uma reserva de valor.

Principais desafios

De acordo com Blankfein, o que impede que o Bitcoin seja considerado uma reserva de valor é sua constante mudança de preço. Isso porque o BTC pode subir ou descer 10% em apenas um dia. Ademais, as carteiras frias também entram nessa lista de dificuldades. Conforme observado pelo banqueiro, elas são de difícil compreensão para o usuário comum, a perda das chaves privadas é algo que pode acontecer recorrentemente.

Regulação


O executivo do Goldman Sachs apontou que se o Bitcoin realmente se tornar grande, os reguladores farão leis rígidas em cima do ativo digital. Sendo assim, uma imposição de regras e rastreamento das transações iria acabar com a natureza do BTC.

“Isso poderia ser viável, mas minará a liberdade e a falta de transparência de que as pessoas gostam em primeiro lugar. Então esse é o enigma do qual o Bitcoin terá que lidar para sair”.

 

Leia também: Crescimento do Bitcoin será de 200% ao ano

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *