Litecoin, o queridinho da indústria de cannabis

Embora o Litecoin (LTC) tenha sido um ativo abandonado por muitos investidores do mercado de criptomoedas, ele se mostra cada vez mais forte na indústria de cannabis.

Além de ser aceito em uma variedade de negócios relacionados ao gênero, alguns até mineram a altcoin,  usando o calor para aquecer uma fazenda de cultivo.

“O Litecoin é aceito em uma variedade de negócios relacionados à cannabis e alguns até mineram o Litecoin usando o calor para aquecer uma fazenda de cultivo. Com o mercado de cannabis e a indústria de criptomoedas crescendo em tamanho e legitimidade reconhecida, parece que o LTC é perfeito para o THC! ⚡Feliz 420”

De fato, a indústria da cannabis foi inibida por restrições regulatórias na maior parte da história. 

No entanto, o mercado legal surgiu rapidamente à medida que mais governos legalizam o uso médico e adulto.

Somente em 2020, esse mercado teve uma avaliação de mais de US$20.47 bilhões. 

Os EUA, Canadá e México compõem o maior mercado continental de cannabis do mundo, no valor de US$18,1 bilhões.

Sendo assim, esse é um marco significativo para o Litecoin, pois a indústria de cannabis é um braço multibilionário de empreendimentos farmacêuticos.

Não podemos deixar de mencionar que a cannabis também tem atraído empresas de álcool e drogas.

Leia também: Conheça os tokens que a Coinbase está investindo

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *