Não caia na armadilha dos ursos do bitcoin

Ao ser negociado acima de US$24.000, o bitcoin chama a atenção. Afinal, a criptomoeda possui uma abertura que conseguiu superar a semana anterior. Um dos fatores que impactou o incremento do preço do BTC foi o aumento da taxa de juros dos Estados Unidos.

Embora a aposta fosse para que o preço da criptomoeda primária corrigisse, o movimento do Federal Reserve fez com que ela crescesse e visse uma alta significativa após a  notícia do passo dado. 

4 métricas que podem fazer o bitcoin corrigir

De acordo com a exchange  criptomoedas NoxBitcoin, os investidores estão otimistas com a nova alta do bitcoin. No entanto, é importante apontar que esse crescimento da criptomoeda pode representar uma armadilha dos ursos. Isso porque os mesmo não têm mostrado forças para manter o BTC acima de US$25.000. 

A NoxBitcoin foi ainda mais fundo na análise compartilhada com o Cointelegraph ao apontar que há quatro pontos chaves que devem mostrar como o preço do BTC irá se comportar nos próximos dias. 

Funding Fee

Em primeiro lugar está o Funding Fee,  taxa de juros cobrada para alavancagem no mercado futuro de criptos. Nessa métrica, valores altos indicam excesso de alavancagem. Sendo assim, pequenas quedas podem levar à liquidação forçada de traders.

O cenário citado faz com que a pressão vendedora aumente, levando a quedas consideráveis. 

Global MDR

Em segundo lugar está o Global MDR

Em suma, esse indicador é o que traz o fluxo de ordens de todo o mercado blockchain. Ele é  essencial para identificar desequilíbrios no mercado através do número de compradores e vendedores. 

“O MDR esteve ascendente, mas abaixo dos 10% durante a metade da semana. A partir de quarta (27) entrou num comportamento descendente brusco, consistente com a alta apresentada naquele dia. No momento, o indicador demonstra que há equilíbrio, com apenas 1,2% mais ordens de compra em comparação às ordens de venda no mercado spot”, aponta a exchange. 

Long/Short Ratio

A métrica  Long/Short Ratio, que representa a proporção de posições compradas em relação às posições vendidas, também foi utilizada. Nessa análise, quanto maior o número, significa que há mais traders especulando para um mercado de alta. 

“O Long/Short Ratio teve comportamento paralelo ao MDR ao longo da semana. Passava de 1,5 na terça, mas na quarta decaiu rapidamente esta marca. No momento, o Long/Short Ratio sinaliza uma razão de 0,75 posições longs em relação às shorts no mercado futuro”, analisa.

Open Interest

Fechando a lista das métricas está o Open Interest, que mostra o aumento do interesse no mercado futuro de BTC, enquanto o ativo spot também sobe. A marca atual é de US$14,01 bilhões.

Com  todas essas métricas, a empresa de criptomoeda coloca como ponto de reflexão o preço do bitcoin  a US$22.000. Além disso, aponta que os investidores de BTC devem se atentar ao cenário macroeconômico que influencia os preços do ativo blockchain. 

Leia também: Brasil Santander lançará serviços de criptomoedas

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *