O que é Bitcoin

junte-se a revolução smartcash

Se você é uma pessoa antenada nas novidades tecnológicas e também nas novidades financeiras, provavelmente já tenha ouvido falar do Bitcoin. Todavia, você sabe o que é Bitcoin de fato?

Caso você ainda não conheça esta moeda virtual, ou deseja dar uma recapitulada, iremos te explicar melhor tudo sobre este bem-sucedido sistema monetário circulante no mercado.

Bitcoin Moeda Virtual Criptografada

A história da criptomoeda Bitcoin

O Bitcoin é uma moeda como o dólar, o euro ou o real. Porém, não está atrelada a um governo, e é totalmente digital.

Ao contrário do atual sistema de pagamento do comércio virtual, onde costuma haver um ou mais empresas intermediadoras e também um prazo para pagar e receber, as operações com o Bitcoin são tão rápidas como o uso de cédulas.

O conceito da criptomoeda (dinheiro digital criptografado) nasceu em 1998 por Wei Dai em uma lista de discussão. Já o conceito e implementação do Bitcoin é atribuído a Satoshi Nakamoto.

Todavia, pouco se sabe sobre Satoshi (já que ele não falou muito sobre si mesmo) e, como o projeto da criptomoeda é open-source, muitos outros desenvolvedores trabalham e melhoram a moeda a cada dia. Na prática, a moeda não tem um fundador definido.

Vantagens e desvantagens do Bitcoin

Agora que você já aprendeu o que é Bitcoin, é hora de você aprender algumas características importantes deste dinheiro digital.

Aos poucos, muitas empresas estão aderindo ao Bitcoin, como a agência de viagens virtual Expedia. Por ter taxas baixas, ser descentralizada, de rápida operação, de fácil obtenção e estar tendo uma boa circulação, o Bitcoin está sendo bem aceito no mercado financeiro.

Todavia, como qualquer dinheiro circulante, pode estar sujeito a quebrar, a ter alta demanda e oferta baixa, a sofrer inflação ou deflação e até mesmo fraudes. Como qualquer coisa no mundo dos negócios, o Bitcoin é algo de risco. Felizmente, até o presente momento, a criptomoeda está a todo vapor.

Onde comprar Bitcoin

Para você conseguir suas primeiras unidades de Bitcoin, existem três formas possíveis:

  1. Recebendo Bitcoin de alguém, seja por doação, seja por pagamento de bens e serviços;
  2. “Minerando” Bitcoin (o termo “minerar” significa usar um computador que rode exclusivamente um programa que crie e gerencie a criptomoeda conforme o mercado);
  3. Adquirindo Bitcoin em uma casa de câmbio especializada na moeda digital.

Neste tópico eu irei me atentar à compra e venda da moeda, pois não exige conhecimento técnico e tempo como no caso dos mineradores nem que você seja um comerciante ou uma ONG para recebê-las de bom grado.

O câmbio do Bitcoin funciona praticamente igual ao de qualquer dinheiro circulante. Como no caso das outras moedas, o câmbio pode variar conforme o dia e conforme a empresa.

Por exemplo, através da Bitrecife, a compra de uma única unidade de Bitcoin custa quase R$ 13 mil reais em fevereiro de 2019.

Como pode ver, o Bitcoin está bem cotado. Porém, se você se assustou com o valor, você pode comprar frações da moeda digital, como se estivesse comprando centavos de dólar ou de euro.