O que pode levar o BTC para US$1 milhão?

Sem dúvida, 2020 se mostrou como o ano de adoção do Bitcoin. Sendo assim, é natural que haja um aumento considerável no preço do criptoativo. De acordo com o relatório da Express.co.uk, Max Keizer acredita que o preço do BTC poderia disparar para mais de US$1 milhão.

Keizer se apoia na lei da oferta e da demanda para apoiar sua tese de alta do ativo digital. Conforme observado pelo defensor do Bitcoin, a demanda do criptoativo está alta enquanto seu suprimento diário não consegue acompanhá-la.

Keizer apontou que apenas 900 Bitcoins são criados por dia. Em contrapartida, a demanda pelo ativo é de 2600 BTCs por dia. Além disso, acredita que o criptoativo não poderá ser acessado pelo público, pois a entrada instrucional de MicroStrategy e Square garantirá que quando os 21 milhões de BTC forem extraídos, eles não estejam mais no alcance das pessoas.

“A demanda por Bitcoin está crescendo quase exponencialmente, enquanto a oferta está matematicamente bloqueada em 900 por dia e, de fato, em 2024, a oferta é cortada pela metade novamente para 450 por dia. É por isso que penso que as instituições que estão comprando Bitcoin o farão diretamente das mineradoras e o público não terá a chance de comprar”, disse Keizer.

Como anda o preço do Bitcoin?

Em 2009, o Bitcoin começou sua trajetória sem custo. Já em 2010, seu preço era de US$0,003. Ou seja, qualquer um poderia ter o ativo digital e em grandes quantidades.

Somente em 2013 que o criptoativo conseguiu ultrapassar a marca de US$100. Logo após alguns anos de flutuações, conseguiu em 2017 alcançar sua alta histórica de cerca de US$20.000.

Apesar de ter passado por alguns anos tentando se recuperar da queda que sofreu após essa alta gigantesca, o BTC conseguiu trazer um sentimento otimista em 2020. Com a entrada de grandes empresas institucionais no ativo digital, ele passou a ser mais requisitado e a caminhar para o alvo de US$19.000.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *