O que você precisa saber sobre o hard fork do Bitcoin Cash

Este mês pode acontecer um hard fork no blockchain do Bitcoin Cash. Como consequência, a atualização pode dividir a altcoin em dois criptoativos. A proposta apresenta um novo algoritmo de mineração e é amplamente aceita pela comunidade da altcoin.

Isso ocorreu porque os defensores do BCH ficaram surpresos quando a equipe de desenvolvedores do Bitcoin Cash propôs uma atualização alternativa. Logo após esse upgrade, 8% das recompensas dos mineradores do bloco do BCH iriam para o time de desenvolvimento.

Essa ideia proposta não é algo novo. O Zcash, por exemplo, tem um fundo semelhante há anos. Contudo, a comunidade do Bitcoin Cash viu essa proposta como um golpe e que ele iria contra a descentralização do criptoativo.

“Desviar parte da recompensa do bloco #BitcoinCash para pagar uma única equipe de desenvolvimento é o sonho de um planejador central de estilo soviético que se tornou realidade. Por favor, pare”, disse Roger Ver, em um tweet em agosto.

O hard fork e os mineradores

A atualização está marcada para 15 de novembro. É provável que nesse cenário os mineradores apoiem o BCHN ao invés do ABC. Isso porque os mineradores já estão sinalizando há algum tempo o seu lado logo após o hard fork com postagens nos blocos extraídos como, “PoweredbyBCHN”. Ou seja, uma migração pesada ocorrerá para a nova rede e o Bitcoin Cash atual se tornará uma cadeia minoritária.

Além disso, 82% dos mineradores se expressaram em oposição à proposta da equipe do ABC. Independentemente do cenário, a atualização já bate à porta e entrará em vigor em 15 de novembro e é fundamental saber qual a posição das exchanges. As corretoras pretendem dar suporte ao hard fork. Todavia, se o Blockchain se dividir, elas ficarão com o que apresentar um poder de hash majoritário. Ou seja, com mais mineradores.

Quais as novidades da atualização?

Em suma, há três mudanças nesse hard fork. São elas: alterações no Algoritmo de Ajuste de Dificuldade (DAA), na Regra Coinbase e na Proteção de Replay Automático.

Algoritmo de Ajuste de Dificuldade: será substituído, independentemente da versão da atualização em questão. Quem irá reinar será o algoritmo ASERT. O ASERT virá com o intuito de acabar com as variações na dificuldade e na taxa de hash do Bitcoin Cash. Além disso, o algoritmo de substituição busca igualar o lucro entre mineradores estáveis e mineradores que alternam entre cadeias de blocos diferentes. Essa atualização também visa manter os intervalos de bloqueio o mais próximo possível de 10 minutos e aproxime o tempo médio de confirmação da transação do tempo previsto.

Regra Coinbase: essa característica é exclusiva da versão ABC e causa de toda controvérsia da altcoin. É ela quem exigirá que 8% de todas as recompensas do bloco sejam enviadas para um endereço específico de Bitcoin Cash controlado por desenvolvedores.

Proteção de Replay Automático: logo após essa atualização, os nós de validação completos que não foram atualizados se separarão da rede principal após a próxima atualização ocorrer em 15 de maio de 2021.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *