Pompliano diz que BTC visa US$225.000 até o final de 2021

De acordo com Anthony Pompliano, co-fundador da Morgan Creek Digital Assets, o Bitcoin pode chegar a US$225.000 em apenas um ano. Conforme observado em sua última carta aos investidores, fatores macros podem servir como próximo vento impulsionador de alta para o BTC.

“O Federal Reserve cortou as taxas de juros para 0%. Eles planejam nos manter em um ambiente de taxa zero no futuro previsível. Vários pacotes de estímulo em 2020 totalizam agora mais de US$3 trilhões em QE. Temos mais US$2 trilhões a caminho… A combinação da manipulação dos preços dos ativos do Fed e temores de inflação levou o ouro e o Bitcoin a superar drasticamente as ações e outras commodities”.

Além disso, Wall Street está interessada no trade do criptoativo, o que é muito importante para o crescimento do ativo digital. Ele apontou a Galaxy Digital e a MicroStrategy como exemplos desse interesse.

“Também estamos vendo uma nova tendência surgir em que as empresas estão usando Bitcoin como um ativo de reserva para parte ou a maior parte de seu tesouro. Tudo começou com empresas focadas em ativos digitais de capital aberto, como Galaxy Digital e outras. Então vimos a MicroStrategy ($1,2 bilhões + valor de mercado na NASDAQ) colocar 85% de seu balanço de $500 milhões ($425 milhões) em Bitcoin. E mais recentemente, a empresa de tecnologia financeira Square anunciou que comprou cerca de US$50 milhões de Bitcoin para seu balanço (aproximadamente 1% dos ativos)”.

Ademais, a demanda por Bitcoin continua alta. Ou seja, nada mais lógico que uma pequena equação ser utilizada aqui. Logo após o halving, a fabricação de BTC foi reduzida pela metade. Como resultado, agora apenas 900 BTC aparecem por dia.

“Historicamente, esses choques de oferta levaram a aumentos de preços significativos de 20X + nos 18 meses seguintes após a redução”.

Contudo, o verdadeiro fator-chave para o aumento do Bitcoin, segundo Pompliano, é que 60% de todo o BTC extraído não mudou de mãos em mais de um ano. De acordo com o investidor, isso mostra como os detentores do criptoativo estão recusando vendê-lo. Isso prevaleceu apesar dos movimentos do lado negativo em 2020.

Bitcoin no final de 2021

“Muitos investidores olharão para o aumento histórico de preços do ativo digital e acreditarão que o ‘perderam’. Isso não poderia estar mais longe da verdade na minha opinião. Acredito que estamos no início de outro ciclo de expansão no Bitcoin, o que provavelmente nos levará a 10-20 vezes mais alta na janela de 15 meses”.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *