Por que o bitcoin está caindo tanto? Detalhes aqui!

junte-se a revolução smartcash

 

Recentemente o bitcoin sofreu uma forte desvalorização. Sendo negociado por volta de US$8.460 (dia 26/09/2019), a criptomoeda mais famosa sofreu uma queda brusca na semana que começa no dia 23 de setembro/2019. Além dessa queda, o mercado continua no vermelho e não parece querer reagir em um futuro próximo

Mas o que levou a essa desvalorização? Essa queda pode ser interessante de algum modo? Quais acontecimentos levaram o bitcoin a esse quadro? Hoje, nós responderemos essas questões para que você possa tirar algumas dúvidas recentes.

O que explica essa queda do bitcoin?

Como todos nós já sabemos, o mercado e todo o ecossistema do bitcoin e das criptomoedas é extremamente volátil. Isso acontece pois, como se trata de uma tecnologia muito recente, há ainda algumas funções dentro do sistema que precisam funcionar de maneira mais eficiente.

Em função dessa fragilidade, devemos tratar essas quedas repentinas de valor de mercado algo como natural e até mesmo esperado. Todos os outros mercados já consolidados apresentam também altos e baixos e com os criptoativos não é, e jamais será diferente.

No entanto, existem alguns acontecimentos que podem explicar a repentina queda atribuída ao final de setembro/2019. Quedas bruscas no curto prazo muitas vezes são explicadas por notícias que podem gerar pânico ou euforia no mercado. Portanto, falaremos melhor sobre essas notícias e seus possíveis impactos no curto prazo para com o mercado de bitcoin e criptomoedas.

Desempenho fraco do Bakkt

Um dos possíveis motivos para a queda brusca é o pouco interesse que há sobre os contratos futuros de bitcoin. O mercado mostra uma certa decepção com o desempenho desses contratos que foram recentemente liquidados fisicamente pela bakkt.

Os contratos entraram em vigor no dia 22 de setembro de 2019 com enormes expectativas positivas por todo o setor de criptomoedas. Contudo, houve volume muito baixo de negociação sobre esses contratos, dando a entender que a demanda por bitcoin não é tão grande quanto se esperava. Um total de 166 contratos foram negociados no dia 24 de setembro (um volume muito aquém do esperado pelo mercado).

Ações politicas

Há outras pessoas que afirmam que essa queda se dá pela recente polêmica que existe entre o presidente dos EUA Donald Trump e o presidente da ucrânia Volodymir Zelensky. Este diálogo está sendo analisado pelo congresso americano que já recebeu um pedido de impeachment da oposição.

Em função disso, alguns analistas acreditam que o fraco desempenho do mercado bitcoin está ligado a isso já que esse tipo de notícia acaba abalando todos os mercados existentes.

Entretanto, existem outros analistas que dizem que a recente queda da taxa de juros americanas podem influenciar de maneira positiva o mercado de criptoativos, já que a rentabilidade dos investimentos de renda fixa está comprometida, favorecendo o investimento em renda variável como um todo.

O surgimento de “baleias”

Outro ponto a ser analisado que é muito comum no mercado de criptomoedas, é o surgimento de “baleias” de mercado. Essas baleias têm quantidades gigantescas de moeda e, por meio da técnica do “peso do dinheiro”, manipulam o mercado de maneira acintosa.

Um usuário da Reddit diz que a recente desvalorização aconteceu pois, houve uma gigantesca transação de uma baleia no valor de US$ 1,2 bilhão de uma carteira para uma Exchange (corretora) antes da venda desse capital.

Informações recentes dão conta que houve sim essa transferência e, em vista desse tipo de transação, o bitcoin pode ter sido bem desvalorizado a curto prazo levando o mercado ao pânico em um curto espaço de tempo.

Sendo assim, hoje conseguimos perceber que existem grandes oscilações dentro do mercado de criptomoedas por conta da sua fragilidade sistêmica. No entanto, essas fragilidades serão corrigidas em seu devido tempo. Recomendamos que você esteja sempre preparado para essas variações e que sempre esteja bem informado sobre cada notícia desse mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *