Preço elevado do Bitcoin fez suas taxas subirem

Embora os detentores do Bitcoin estejam contentes com sua subida, eles têm um motivo para se preocuparem. As altas taxas do criptoativo. De acordo com os dados do Bitinfocharts, a média das taxas do BTC na última quinta-feira (6) foi de US$6,5. Conforme observado pelo site, apenas na semana passada as taxas de transação do Bitcoin cresceram 7%.

Se olharmos para o mês de julho, veremos um crescimento ainda maior, pois a média de envio de BTC era de apenas US$1. Ou seja, as taxas passaram por um aumento de 543% em um mês.

O que faz as taxas do Bitcoin crescerem assim?

Sem dúvida, esse crescimento está atrelado ao aumento do preço e da utilização da rede do ativo digital. Atualmente o BTC está sendo negociado a US$11.889. Vimos que logo após vencer a marca de US$10.000, o Bitcoin conseguiu alcançar um ponto que ele não via há quase um ano e está lutando para vencer o alvo de US$12.000.

Mais pessoas utilizando o BTC significa que provavelmente o custo das transações irá aumentar. Certamente todos desejam que suas transferências sejam processadas o mais rápido possível. Sendo assim, quem paga um valor mais alto, vê seu BTC chegando em outro endereço de maneira mais ligeira, pois são essas transações as priorizadas pelos mineradores. Na grande alta de 2017, quando o BTC chegou a ser cotado a US$20.000, suas taxas alcançaram a incrível marca de US$55.

Contudo, as taxas do Bitcoin nem sempre tiverem esses valores elevados. Em 13 de janeiro de 2020, por exemplo, quando o criptoativo estava sendo cotado a US$3.552, elas custavam apenas US$0,18. Observando o mercado atual, percebemos o quanto criptoativo rei precisa evoluir para conseguir se manter verdadeiramente forte em uma bull run.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *