Qual a melhor jogada para fazer agora com o seu Bitcoin?

Certamente o trader de varejo que deseja controlar e fazer a melhor jogada em seu portfólio deve acompanhar de perto e examinar o que os investidores institucionais estão fazendo. Os movimentos realizados por esses grandes atores se inclinam para um ROI alto. Além disso, ativos com grande potencial são explorados. Olhando para empresas que fizeram grandes aquisições de Bitcoin, como, por exemplo MicroStrategy, Galaxy Digital e Square, pode ser um passo a ser considerado pelo pequeno trader. Todavia, não podemos deixar de fazer o questionamento se esse é realmente o momento certo de entrada no BTC.

Como analisar o que fazer nesse momento?

Podemos utilizar a média móvel de 200 dias do criptoativo para tentar responder a essa pergunta. Para quem ainda não conhece o termo, a proporção se tornou popular, pois em grande parte dos casos quando o preço cruzou essa média móvel os traders se tornaram otimistas. Contudo, essa semana ela conseguiu atingir o menor nível em 39% da história do BTC.

Sem dúvida, esse quadro indica que é o melhor momento para comprar Bitcoin. No entanto, antes é importante lembrar o ativo digital cresceu 32% desde seu terceiro halving. Além disso, os analistas da AmbCrypto acreditam que ele está a US$3.000 acima de seu valor justo.

Olhando os últimos 7 dias, vemos que o otimismo tomou conta do Bitcoin, pois ele está com um acumulado de ganhos de 7,36%. Apesar de não haver mudança em seu domínio, sua capitalização aumentou US$14 bilhões apenas em uma semana. Embora seu preço esteja 35% acima do valor justo, a quantidade de contratos em aberto crescente no CME indica que o preço pode aumentar. Ou seja, olhar para apenas uma proporção ou gráfico pode não ser a melhor aposta.

De acordo com os dados do Whalemaps, a maior porcentagem de Bitcoin vendido nas últimas 24 horas foi comprada no primeiro trimestre de 2020 no nível de US$4.400 a US$9.300. Voltando para 2017, vemos que, em novembro, os holders venderam seu criptoativo com lucros de US$2.000 a US$2.500. Poucos tiveram perdas acima de US$4.000. Por certo que o principal insight que observamos nesses dados é que os holders que compram o BTC acima de US$9.000 registram prejuízos. Conforme observado pela Whalemaps os lucros contabilizados são quase 2 vezes maiores que as perdas.

 

Conclusão

Atualmente os detentores do Bitcoin estão “sentados” sobre lucros não realizados. Esse pode ser o melhor momento para contabilizar esses ganhos. Contudo, pode não ser a hora ideal para acumular o criptoativo. Apesar de não poder vencer quem comprou BTC em 2013, você pode hoje ter um lucro maior que quem comprou o ativo digital acima de US$11.000.

Nado do que foi apresentado hoje é uma dica de investimento. Façam seus estudos antes de tomarem qualquer decisão.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *