Quanto tempo leva para o bitcoin se recuperar após uma grande correção?

De acordo com o apresentador anônimo do InvestAnswers, dados históricos indicam que o bitcoin (BTC) não está longe de uma recuperação.

O analista apontou que a correção do BTC, segundo a história do ativo digital,  passa por um período de 89 dias. Além disso, o recuo médio desvaloriza o criptoativo cerca de 57% do topo. Já os ganhos médios após uma correção, são de 362%.

Segundo o levantamento histórico do apresentador, o período médio que o ativo digital leva para obter uma nova alta histórica após um mercado de ursos é de 257 dias. 

“Vamos voltar para onde estávamos 70 dias atrás, US$ 68.800? Sim nós vamos. Só não sei quando, mas pode ser em breve porque, historicamente, a recuperação acontece em 64 dias. Estes são apenas números. História”.

Contudo, é importante apontar que durante alguns invernos esse número foi mais extenso.  Entre 2017 e 2018, por exemplo, o criptoativo primário levou 1.079 dias para se recuperar.

O analista acredita que US$30.000 é o nível de suporte para o bitcoin. No momento da escrita do artigo, a criptomoeda está sendo negociada a US$37.198. 

Mas o que o bitcoin precisa para se recuperar? 

De acordo com Jonathan Morgan, analista do mercado de criptomoedas, o BTC tem que frear o movimento de baixa, os compradores devem fechar o ativo digital na área de US$37.300 ou acima durante essa semana.

“Se isso não acontecer, o bitcoin entrará em uma configuração Ideal Bearish Ichimoku Breakout, a configuração curta mais procurada no sistema Ichimoku Kinko Hyo. Cumprir os critérios para essa entrada curta seria a primeira vez desde o acidente do Covid em março de 2020 e apenas a segunda vez desde maio de 2018”, destaca Morgan. 

Leia também: SolChicks, o principal Play To Earn de fantasia da Solana

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *