Rede da Solana é atacada novamente

De acordo com o jornalista chinês Colin Wu, a Solana  sofreu outro ataque DDoS na manhã de hoje (4). Em suma, o invasor utilizou spam para continuar o ataque distribuído de negação de serviço. 

Todavia, logo após quatro horas, a rede da altcoin voltou a sua estabilidade. 

Em geral, um ataque DDoS sobrecarrega ou obstrui a rede. Ele envia várias solicitações ao recurso da Web da vítima e impede a plataforma de funcionar corretamente.

Segundo algumas contas no twitter, a Solana passou mesmo por um momento de desaceleração em vez de uma interrupção. 

Já os membros do subreddit r / CryptoCurrency relataram o assunto alegando que a vulnerabilidade do sistema é um toque de morte para os traders sérios.

“Culpar os agressores é pura desonestidade. Uma blockchain bem projetada não deve ter invasores, ela deve continuar produzindo blocos com base nos parâmetros da rede, e não fazer uma pausa porque alguém enviou spam nas transações”.

Nenhum comentário oficial da Fundação Solana foi realizado até o momento da escrita do artigo. 

Solana e seus problemas com ataques 

Essa não foi a primeira vez que os detentores da Solana sofreram com um ataque ao blockchain da altcoin.

Em setembro de 2021, por exemplo, a Solana Status informou que a rede sofreu instabilidade intermitente durante 45 minutos. 

Não podemos deixar de mencionar que, no último ano, os validadores da Solana estavam se preparando para um lançamento. Contudo, a rede foi atingida por uma interrupção de 17 horas.

A paralisação veio como resultado da atividade de botting em massa para um IDO na DEX baseado em Solana, Raydium.

Apesar de nenhum dinheiro ter sido perdido, criou-se muitas críticas aos desenvolvedores do criptoativo. Afinal, reiniciaram a rede da altcoin, mostrando um poder de centralização no projeto. 

Em dezembro, a Solana foi acusada de ter passado por mais um ataque DDoS, mas sua rede não ficou em momento nenhum inativa. 

Segundo o perfil do Twitter @rajgokal, foi  o jogo NFT SolChicks o grande responsável pelos problemas de desempenho da concorrente do Ethereum. 

Leia mais: Nexo: bitcoin deve chegar a US$100.000 em meados de 2022

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *