Ripple enfrenta processo por venda de US$1 bilhão em XRP

Quem está no mercado de criptoativos há algum tempo sabe como a Ripple, empresa responsável pelo token XRP, sofreu processos da comunidade blockchain. Contudo, essa maré se mostra longe de acabar, pois, a Ripple acaba de ser acusada mais uma vez. Enquanto o XRP passa por um momento bom com uma valorização de 2%, a Ripple enfrentará a Bitcoin Manipulation em um processo onde a empresa é acusada de enganar seus investidores.

De acordo com a companhia com sede em Porto Rico, a Ripple fez alegações falsas direcionando uma demanda que nunca aconteceu para seu token. Além disso, o processo aponta o XRP como um security. Segundo a Bitcoin Manipulation, o token não possui nenhum caso de uso real. Dessa maneira, a venda mais recente de US$1 bilhão em tokens realizada pela Ripple, deveria ter sido registrada junto às autoridades relevantes.

Certamente o token não é uma moeda, pois não é possível comprar produto ou serviço com ele. Conforme mencionado no processo, os compradores do XRP foram levados a acreditar que poderiam esperar algum lucro com a altcoin. Ademais, foram informados que o XRP seria um ativo de crescimento a longo prazo. Essas razões fazem com que a Bitcoin Manipulation afirme que a Ripple precise devolver todo o dinheiro da venda. Além disso, a empresa solicita ao tribunal “indenizações compensatórias”.

O processo ainda aponta algo que a comunidade de criptoativos sempre reclamou, a criação desenfreada de tokens. Inesperadamente, a Ripple emitiu 100 bilhões de tokens XRP. Como se não fosse suficiente, os vendeu de maneira pública para investidores. Como resultado, conseguiu estimular alguma demanda e maximizar os lucros. O processo também afirma que a Ripple realizou anúncios falsos para que o preço do token fosse aumentado superficialmente.

O que realmente está por trás desse processo?

É importante lembrar que o diretor da Bitcoin Manipulation, Pavel Pogodin, perdeu dinheiro comprando XRP. Ademais, a BM também processou a exchange FTX acusando-a de ter manipulado o preço do Bitcoin e reivindicou US$150 milhões em danos. Por ter perdido esse processo, é provável que a empresa esteja buscando um novo alvo para gerar lucros.

Por outro lado, como vimos acima, essa não é a primeira vez que a Ripple enfrenta uma acusação como essa. Só para exemplificar, a empresa já passou por um processo de vender tokens não registrados anteriormente com investidores do XRP acusando a Ripple de violar as leis de valores mobiliários na Califórnia.

Em suma, ainda não está claro, segundo a visão dos reguladores americanos, se o XRP é ou não um security e a Bitcoin Manipulation pode estar apenas tentando se aproveitar desse status. Apesar de muitos ainda serem contra o XRP, o criptoativo tem se mantido como uma das principais altcoins do mercado e isso não será perdido tão cedo.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *