Tem airdrop chegando para os detentores de XRP

De acordo com a Flare Network, os titulares de XRP terão um airdrop adicional para terem mais moedas. O cofundador e executivo-chefe da Flare, Hugo Philion, apontou que sua empresa planeja lançar uma rede chamada Songbird nas próximas seis semanas.

Em suma, esse protocolo foi projetado para ser uma “rede canário” usada como campo de testes para desenvolvedores. Songbird (SGB) será um blockchain operacional com um fornecimento de token fixo. O SGB será distribuído aos mesmos titulares de XRP que receberão o token Spark (FLR), com base em um instantâneo da rede tirado no final do ano passado.

“O Songbird não deve ser considerado uma rede pronta para produção. É para testar a integridade da rede de produção proposta (Flare), atualizações de governança propostas ao longo do tempo, os protocolos principais da Flare e lançamento de dApps na Flare. A equipe da Flare não faz nenhuma promessa de continuar a apoiar ou desenvolver o Songbird no futuro”, apontou Philon.

O empresário continuou a destacar os riscos do projeto nascente

“A equipe da Flare e provavelmente as várias equipes que testam seus dApps no Songbird estarão ativamente tentando encontrar e explorar bugs e outros problemas e quebrar a rede. Portanto, esteja ciente de que o Songbird vem com um potencial de perda de vivacidade, perda de token e risco que é potencialmente maior do que as implantações da rede principal”.

É importante apontar que o CEO da Flare tem a ambição de manter a Songbird como uma rede de teste para o Flare, mesmo após todo o lançamento da rede.

“Inovações e novos lançamentos de dApp acontecerão primeiro no Songbird e, em seguida, poderão ser lançados no Flare após o teste. Isso torna o Songbird seu próprio tipo de rede que pode ser útil, isoladamente, para aplicativos que não precisam da estabilidade pretendida do Flare, mas que desejam aproveitar os principais protocolos do Flare e recursos potencialmente mais avançados que o Songbird pode oferecer antes do Flare”.

Philion diz que a Flare será lançado depois que todos os sistemas do Songbird forem testados. A auditoria de segurança final atual está programada para terminar no final de setembro, de acordo com o CEO.

Leia também: União Europeia revela planos para regular as transações de criptomoedas

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *