Veja o top 10 dos criptoativos mais pesquisadas no mundo

A Blockchaincenter.net lançou um relatório que aponta os criptoativos mais pesquisados do mundo, de acordo com o Google Trends. Sem nenhuma surpresa, o Bitcoin é o grande campeão. Aliás, ele tem o domínio de 80.8% nas pesquisas. Ethereum e XRP também entraram nessa lista. Contudo, o relatório apontou que a curiosidade sobre os ativos digitais não tem correlação com o seu valor de mercado.

“Dogecoin não está no Top 30 em valor de mercado, por exemplo. No entanto, está entre as 10 principais criptomoedas pesquisadas.”

Entre os países maximalistas do BTC, o Quênia é o grande destaque com um interesse de 94.79%. Em segundo lugar, temos o Brasil com uma curiosidade de 92%. Logo após, aparece o Chile com um ímpeto de 89,8%. Sérvia, Rússia e Coréia do Sul, por outro lado, mostram um interesse maior no Ethereum. Já o XRP, é mais pesquisado na Coréia do Sul, Japão e Irlanda, respectivamente. Além disso, o relatório aponta como os países da Europa Oriental estão mais interessados nas altcoins.

Veja e conheça agora o Top 10 dos criptoativos mais pesquisados

Bitcoin 80,8%

O BTC usa tecnologia ponto a ponto para operar sem nenhuma autoridade central ou bancos. Sendo assim, o gerenciamento de transações e a emissão de bitcoins são realizadas coletivamente pela rede. Bitcoin é de código aberto; seu design é público, ninguém é dono nem controla o criptoativo. Além disso, todos podem participar. Através de muitas de suas propriedades exclusivas, o BTC permite usos interessantes que não poderiam ser cobertos por nenhum sistema de pagamento anterior.

Ethereum 13,7%

Como outros blockchains, o Ethereum tem uma criptomoeda nativa chamada Ether (ETH). ETH é um dinheiro digital. O ETH possui muitos dos mesmos recursos que o Bitcoin. Ou seja, é puramente digital e pode ser enviado para qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo. O fornecimento de ETH também não é controlado por nenhum governo ou empresa. Todavia, ao contrário de outros blockchains, o Ethereum pode fazer muito mais. Ele é programável, o que significa que os desenvolvedores podem usá-lo para criar novos tipos de aplicativos.

XRP 7,7%

XRP é um ativo digital criado para pagamentos. Ele é nativo no XRP Ledger – uma tecnologia blockchain de código aberto, sem permissão e descentralizada que pode liquidar transações em 3-5 segundos. Ademais, o token pode ser enviado diretamente sem a necessidade de um intermediário central, tornando-o um instrumento conveniente para conectar duas moedas diferentes de maneira rápida e eficiente.

Litecoin 4,7%

Litecoin é um criptoativo ponto a ponto que permite pagamentos rápidos, quase nulos, a qualquer pessoa no mundo. Semelhantemente ao Bitcoin, a altcoin não apresenta nenhuma autoridade central. A matemática protege a rede e capacita os indivíduos a controlar suas próprias finanças. O Litecoin oferece tempos de confirmação de transação mais rápidos.

Bitcoin Cash 2,7%

O Bitcoin Cash (BCH) é um hard fork (uma atualização ativada pela comunidade para o protocolo ou código) do blockchain Bitcoin original. O fork do Bitcoin ocorreu em 1 de agosto de 2017, com o objetivo de atualizar o tamanho do bloco para 8 MB.

IOTA 2,5%

O IOTA (IOTA) é um livro distribuído para a Internet das Coisas que usa um gráfico acíclico direcionado (DAG) em vez de uma blockchain convencional. Seu protocolo à prova de quântica, Tangle, traz benefícios como ‘taxas zero, escalabilidade infinita, transações rápidas e transferência segura de dados’.

Monero 2,1%

O Monero (XMR) é um criptoativo privado, seguro e não rastreável que foi lançado em 18 de abril de 2014 como uma bifurcação da ByteCoin. O XMR é voltado para a privacidade, construído em um blockchain projetado para ser opaca. De acordo com o site, você tem total controle de seus fundos e privacidade, pois ninguém mais pode ver os saldos suas transações.

TRON 1,8%

O Protocolo TRON representa a arquitetura de um sistema operacional baseado na tecnologia blockchain, que pode permitir que os desenvolvedores criem contratos inteligentes e aplicativos descentralizados (DApps), publiquem livremente, possuam e armazenem dados e outros conteúdos. De acordo com a Fundação TRON, o ecossistema em torno dessa rede é especializado em oferecer escalabilidade massiva e confiabilidade consistente, capaz de processar transações a uma alta taxa através de computação de alto rendimento. O TRON foi criado inicialmente como um token baseado no Ethereum, mas migrou para sua própria rede em 2018. Os detentores dos tokens ERC20 TRX os trocaram pela moeda digital TRX na rede TRON, e os tokens baseados no Ethereum foram destruídos.

Dogecoin 1,8%

Dogecoin (DOGE) é baseado no popular meme da Internet “doge” e apresenta um Shiba Inu em seu logotipo. A moeda digital de código aberto foi criada por Billy Markus, de Portland, Oregon, e Jackson Palmer, de Sydney, na Austrália, e foi vendida na Litecoin em dezembro de 2013. Os criadores do Dogecoin a viam como um criptoativo divertido e alegre que teria mais apelo além o público principal do Bitcoin, pois foi baseado em um meme de cachorro. O CEO da Tesla, Elon Musk, postou vários tweets nas mídias sociais de que Dogecoin é sua moeda favorita.

Cardano 1,5%

Cardano é um projeto público descentralizado de blockchain e é totalmente open source. O ativo digital está desenvolvendo uma plataforma de contrato inteligente que busca oferecer recursos mais avançados que qualquer protocolo desenvolvido anteriormente. É a primeira plataforma blockchain a evoluir de uma filosofia científica e de uma abordagem direcionada pela pesquisa. A equipe de desenvolvimento consiste em um grande coletivo global de engenheiros e pesquisadores especializados.

Kamoney
A forma mais prática de utilizar suas criptomoedas no dia a dia. Acesse agora https://www.kamoney.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *